Arquivo da categoria: Listas

Algumas leituras de cinema favoritas de 2011

Outro dia o Gabe Klinger perguntou no Facebook quais seriam os textos de cinema favoritos dos amigos. É um bom tema para um post. Não sei porque não se faz mais destes apanhados em fim de ano.

Primeiro, alguns livros/catálogos:

Francisco Algarín Navarro, Fernando Ganzo, Moisés Granda (ed.) Lumiere No.4
Inacio Araujo, Cinema de Boca em Boca (org. Juliano Tosi)
Jonathan Rosenbaum, Goodbye Cinema, Hello Cinephilia
Tatiana Monassa (org), Clint Eastwood

Lumiere é uma revista anual espanhola. Coloca na lista porque tem mais de 400 páginas, então me parece justo coloca-la junto dos livros. A edição lida com o cinema de 2010. Ótimas entrevistas (Skolimowski, Apichatpong, Bellocchio, Guerin, etc), uma atenção especial ao experimental (pautas sobre Hutton, Lockhart, etc). Dá para baixar por pdf no site.

A recente coletânea do Inácio organizada pelo Juliano Tosi saiu no final de 2010, mas só a li este ano. Poderia ser um pouco mais ambiciosa (já quer se limita ao trabalho dele na Folha), mas é material essencial de um dos maiores críticos brasileiros.

Assim como o livro do Inácio já conhecia a maior parte do último livro do Rosenbaum (imagino que quase tudo exista no site dele),  mas uma das razões pelas quais é sempre um prazer ler uma das coletâneas dele é sua habilidade como organizador:  os textos ganham sempre um sentido novo nos seus livros.

Vale destacar também este belíssimo catálogo da recente retrospectiva do Clint Eastwood.  Ótima seleção de textos. Acho que esta disponível para download no site também.

Vale também acrescentar alguns ótimos dossiês:
Alfred Hitchcock, Interlúdio
James Gray, Foco No.3
Monte Hellman, La Furia Umana No.8

Sergio Alpendre colocou de pé uma grande equipe de colaboradores para um dossiê exaustivo que cobre a retrospectiva completa do cineasta que tivemos este ano.

Vi gente inteligente desconsiderar o dossiê Gray da Foco por conta de um editorial (que é mesmo fraco). É tão injusto com os ótimos textos quanto o Editorial.

Por fim La Furia Umana fez um grande numero centrado na figura de Hellman. É uma edição multilíngüe (com artigos em inglês, francês, italiano e português) que vale muito a pena.

Alguns artigos soltos excepcionais que li este ano:
Adrian Martin, “Turn the Page: From Mise en Scene to Dispositif”
Bill Krohn, “Cahiers for Dummies”
Francis Vogner dos Reis, “Das Ruinas:livre reflexão a parir de duas exceções”
Inacio Araujo, “Filmes que Ninguém Compreende”
Shigehiko Hasumi,” Fiction and the ‘Unrepresentable’: All Movies are but Variants on the Silent Film”

O ensaio de Martin sobre mise en scene contemporânea é essencial.

A crítica do Krohn é uma aula de como conduzir uma demolição crítica com argumentos  (o que infelizmente não é muito comum).

Este texto do Francis (sobre Os Residentes e Santos Dumont, pré Cineasta?) é o melhor artigo sobre cinema brasileiro que li este ano.

Uma grande reflexão do Inácio sobre a preguiça do espectador contemporâneo a partir de um comentário mal educado de blog.

Uma ótima provocação de Hasumi, ponto alto do excelente primeiro numero da Lola.

Ressalto também no ambito do cinema brasileiro que todos os vinte debates da mostra “Cinema Brasileiro ano 2000, 10 questões” estão disponiveis no seu site em vídeo e pdf.

Por fim vale destacar 4 belas revistas que seguiram publicando material de primeira regularmente ao longo do ano: Cahiers Du Cinema España, Cinema Scope, La Furia Umana e Miradas del Cine.

16 Comentários

Arquivado em Crítica, Links, Listas

Top 10 Cahiers


1. Habemus Papam (Nanni Moretti)
2. O Estranho Caso de Angelica (Manoel de Oliveira) e A Arvore da Vida (Terrence Mallick)
4. Fora de Satã (Bruno Dumont) e Essential Killing (Jerzy Skolimowski)
6. Melancolia (Lars Von Trier)  e Un Eté Brulant (Philippe Garrel)
8. Super 8 (JJ Abraams), L’Apollonide – Os Amores da Casa de Tolerância (Bertrand Bonello) & Meek’s Cutoff (Kelly Reichardt)

5 Comentários

Arquivado em Listas

100 Filmes Italianos

Dois Destinos, de Valerio Zurlini

A idéia desta lista é fazer um recorte histórico dos meus filmes italianos favoritos. Ela logo é limitada pelo meu conhecimento (por isso mesmo exclui os filmes anteriores a 45 já que conheço o período muito mal, esta é intencionalmente uma lista de Roma Cidade Aberta aos dias atuais) e pelo meu gosto pessoal. Acho o cinema italiano junto ao americano o mais rico do mundo e o que me fascina na sua história é o quão diverso ele é, algo que acredito esta lista representa bem. Não é, bom dizer uma lista pensada como cânone ou contra-cânone ou qualquer coisa do tipo. O único critério foi tentar não repetir cineastas em demasiado (e acreditem versão A da lista tinha um numero absurdo de Rossellinis). Vale dizer que eu poderia fazer fácil uma lista B com “outros 100 filmes italianos”, o fato de um filme não estar na lista certamente não é um julgamento automático sobre ele, existem dezenas de filmes excelentes de todos os tipos que não entraram ai embaixo. Limitei a lista a filmes superiores a 30 minutos o que teve o efeito ruim de limitar a presença de cinema experimental. Um dado positivo e que apesar do período entre 60 e 79 dominar mais da metade da lista, as últimas 3 décadas tiveram uma representação bem melhor do que suas reputações sugeririam.

Um último adendo eu passei os últimos dez dias trabalhando neste post e os filmes estão em ordem cronológica, mas os textos foram escritos sem nenhuma ordem enquanto eu depurava a lista aos poucos, explico para pedir desculpas pelo fato de ser mesmo um post bem caótico e deve por vezes soar repetitivo.

A lista segue dentro do post:

Continuar lendo

42 Comentários

Arquivado em Crítica, Filmes, Listas

Filme Cultura

A edição nova da Filme Cultura centrada na cinefilia inclui uma pesquisa com cineastas, críticos e pesquisadores sobre os filmes brasileiros do coração, não necessariamento os melhores, mas os favoritos afetivos quando nos pediram a lista. As listas individuais estão disponiveis no site da revista. A minha, sem nenhuma ordem de preferencia, foi esta:

Bang Bang, (Andrea Tonacci)
O prisioneiro da grade de ferro (Paulo Sacramento)
O vampiro da cinemateca (Jairo Ferreira)
Filme demência (Carlos Reichenbach)
Sem essa, Aranha (Rogério Sganzerla)
O jogo da vida (Maurice Capovilla)
SuperOutro (Edgar Navarro)
Carnaval Atlântida (José Carlos Burle)
Di Cavalcanti (Glauber Rocha)
A velha a fiar (Humberto Mauro)

3 Comentários

Arquivado em Listas

Top 20 Les Inrock

1. Mistérios de Lisboa (Raoul Ruiz)
2. Tio Boonmee, que Pode Recordar Suas Vidas Passadas (Apichatpong Weerasethakul)
3. O Escritor Fantasma (Roman Polanski)
4. Filme Socialismo (Jean-Luc Godard)
5. Morrer Como Um Homem (João Pedro Rodrigues)
6. Vício Frenético (Werner Herzog)
7. A Rede Social (David Fincher)
8. Polícia, Adjetivo (Corneliu Porumboiu)
9. La Vie au Ranch (Sophie Letourneur)
10. Sexy Dance 3 (John Chu)
11. Kaboom (Gregg Araki)
12. Carlos (Olivier Assayas)
13. Você Vai Conhecer o Homem de Seus Sonhos (Woody Allen)
14. O Fantástico Sr Raposo (Wes Anderson)
15. Brilho de Uma Paixão (Jane Campion)
16. Like You Know It All (Hong Sang-Soo)
17. Amores Imaginários (Xavier Dolan)
18. Homme Au Bain (Christophe Honoré)
19. Turnê (Mathieu Amalric)
20. White Material (Claire Denis)

Deixe um comentário

Arquivado em Listas

Top 18 Cahiers

1. Tio Boonmee Que Pode Recordar Suas Vidas Passadas (Apichatpong Weerasethakul)
2. Vício Frenético (Werner Herzog)
3. Filme Socialismo (Jean-Luc Godard)
4. Toy Story 3 (Lee Unkrich)
5. O Fantástico Sr. Raposo (Wes Anderson)
6. Um Homem Sério (Ethan & Joel Coen)
7. Morrer Como um Homem (João Pedro Rodrigues)
8. A Rede Social (David Fincher)
9. Chouga (Darezhan Omirbayev)
10. Mother (Bong Joon-ho)
11. O Escritor Fantasma (Roman Polanski)
12. Todos os Outros (Maren Ade)
13. Homens e Deuses (Xavier Beauvois)
14. La vie au ranch (Sophie Letourneur)
15. Le quattro volte (Michelangelo Frammartino)
16. Avatar (James Cameron)
17. Go Get Some Rosemary (Ben & Joshua Safdie)
18. Mistérios de Lisboa (Raoul Ruiz)

Feliz de ver 2 dos meus favoritos do ano passado (Todos os Outros e Go Get Some Rosemary) receberem alguma atenção, por outro lado os Coen estariam fácil numa lista minha de “sessões de tortura 2010”.

2 Comentários

Arquivado em Listas

Melhores de 2009 – Contracampo

1. Amantes (James Gray)
2. Gran Torino (Clint Eastwood)
3. Ervas Daninhas (Alain Resnais)
4. Aquele Querido Mês de Agosto (Miguel Gomes)
5. Inimigos Públicos (Michael Mann)
6. Moscou (Eduardo Coutinho)
7. Bastardos Inglórios (Quentin Tarantino)
8. Beijo na Boca, Não! (Alain Resnais)
9. Avatar (James Cameron)
10. A Troca (Clint Eastwood)

As listas individuais estão disponíveis aqui.

1 comentário

Arquivado em Listas

Melhores da década – Cinema Scope

O site da Cinema Scope está com a edição nova no ar com destaque para eleição de melhores da década.

1. Platforma (Jia Zhangke, 2000)
2. No Quarto de Vanda (Pedro Costa, 2001)
3. La libertad (Lisandro Alonso, 2001)
4. Los Angeles Plays Itself (Thom Andersen, 2003)
5. 13 Lakes (James Benning, 2004)
6. Evolution of a Filipino Family (Lav Diaz, 2004)
7. Yi Yi (Edward Yang, 2000)
8. Black Book (Paul Verhoeven, 2006)
9. Memorias de um Assassino (Bong Joon-ho, 2003)
10. Mulholland Drive (David Lynch, 2001)
Menções honrosas: Juventude em Marcha (Pedro Costa, 2006); A Morte do Sr. Lazarescu (Cristi Puiu, 2005); En La Ciudad de Sylvia (José Luis Guerín, 2007); O Intruso (Claire Denis, 2004); Three Times (Hou Hsiao-hsien, 2005); Sindromes e um Século (Apichatpong Weerasethakul, 2006).

As listas individuais com comentários estão no site.

3 Comentários

Arquivado em Links, Listas

Top 50 Indiewire

Como sempre aproveito para postar a tradicional pesquisa com a critica americana feita pela Indiewire.
1. Horas de Verão (Assayas)
2. A Serious Man (Coen)
The Hurt Locker (Bigelow)
4. Bastardos Inglorios (Tarantino)
5. O Fantastico sr. Fox (Anderson)
6. 35 Doses de Rum (Denis)
7. A Mulher sem Cabeça (Martel)
8. Amantes (Gray)
9. Up (Docter)
10. Policia, Adjetivo (Porumboiu)
11. In the Loop (Ianucci)
12. Up in the Air (Reitman)
13. Seguindo em Frente (Kore-Eda)
14. As Praias de Agnes (Varda)
15. A Fita Branca (Haneke)
16. Você os Vivos (Andersson)
17. 24 City (Jia)
18. The Limits of Control (Jamursch)
19. Where the Wild Things Are (Jonze)
20. Bright Star (Campion)
O Sol (Sokurov)
22. Precious (Daniels)
23. Julia (Zoncka)
24. O Desinformante (Soderbergh)
25. Sonata de Tóquio (Kurosawa)
26. Hunger (McQueen)
27. Anticristo (Von Trier)
O Silêncio de Lorna (Dardenne)
29. An Education (Scherfig)
Avatar (Cameron)
31. O Dia da Transa (Shelton)
32. Beeswax (Bujalski)
33. Of Time and the City (Davies)
Inimigos Públicos (Mann)
35. A Single Man (Ford)
36. Noite e Dia (Hong)
Tulpan (Dvortsevoy)
38. Everlasting Moments (Troell)
39. Coraline (Sellick)
Três Macacos (Ceylan)
41. The Messenger (Moverman)
42. Revanche (Spielmann)
43. Tony Manero (Larrain)
44. Duplicity (Gilroy)
Il Divo (Sorrentino)
46. Liverpool (Alonso)
Treeless Mountain (Kim)
48. Anvil! The Story of Anvil (Gervasi)
49. 500 Dias com Ela (Webb)
Vicio Frenetico (Herzog)
Abraços Partidos (Almodovar)
The Girlfriend Experience (Soderbergh)

15 Comentários

Arquivado em Filmes, Listas

Top 10 Cahiers

1. Ervas Daninhas (Alain Resnais)
2. Vincere (Marco Bellocchio)
3. Bastardos Inglorios (Quentin Tarantino)
4. Gran Torino (Clint Eastwood)
5. Singularidades de uma Rapariga Loura (Manoel de Oliveira)
6. Tetro (Francis Ford Coppola)
7. The Hurt Locker (Kathryn Bigelow)
8. O Rei da Fuga (Alain Guiraudie)
9. Sonata de Tóquio (Kiyoshi Kurosawa)
10. Hadewijch (Bruno Dumont)

6 Comentários

Arquivado em Listas

Melhores do Semestre

O Chico Fireman da Liga dos blogs pediu uma lista dos 10 melhores filmes do primeiro semestre. Aproveito para reproduzir aqui:

1) Gran Torino (Clint Eastwood)
2) Entre os Muros Da Escola (Laurent Cantet)
3) Horas de Verão (Olivier Assayas)
4) A Bela Junie (Christophe Honoré)
5) Desejo e Perigo (Ang Lee)
6) A Troca (Clint Eastwood)
7) Glória ao Cineasta (Takeshi Kitano)
8 ) Vocês, Os Vivos (Roy Andersson)
9) Milk (Gus Van Sant)
10) A Erva do Rato (Julio Bressane)

Deixe um comentário

Arquivado em Listas

Melhores da Contra

Discretamente a Contracampo publicou suas listas de melhores do ano.

3 Comentários

Arquivado em Listas

Listas

Com a Film Comment em mãos dá para postar uma série de listas individuais bem interessantes.

Thom Andersen
1. O Romance de Ástrea e Celadon (Eric Rohmer)
2. Não Toque no Machado (Jacques Rivette)
3. The Exiles (Kent Mackenzie)
4. A Viagem do Balão Vermelho (Hou Hsiao-Hsien)
5. Hamaca Paraguaya (Paz Encina)
6. Still Life (Jia Zhang-ke)
7. RR (James Benning)
8. Pecados Inocentes (Tom Kalin)
9. Wendy & Lucy (Kelly Reichardt)
10. Profit Motive and the Whispering Wind (John Gianvito)

Frederic Bonnaud
1. Two Lovers (James Gray)
2. Mulher na Praia (Hong Sang-soo)
3. Viagem a Darjeeling (Wes Anerson)
4. Quatro Noites com Anna (Jerzy Skolimowski)
5. O Ultimo Reduto (Rabah Ameur-Zemeiche)
6. A Fronteira da Alvorada (Phillipe Garrel)
7. Waltz with Bashir (Ari Folman)
8. O Silencio de Lorna (Jean-Pierre e Luc Dardenne)
9. A Vida Moderna (Raymond Depardon)
10. Redacted (Brian De Palma)

Shigehiko Hasumi
Alexandra (Alexandr Sokurov)
O Romance de Ástrea e Celadon
Viagem a Darjeeling
Os Donos da Noite (James Gray)
En La Ciudad de Sylvia (José Luis Guerin)
Quatro Noites com Anna
Le Genou d’Artemide e Itinéraire de Jean Bricard (Straub/Huillet)
Sweeney Todd (Tim Burton)
Sonata de Tóquio (Kiyoshi Kurosawa)
Youth Without Youth (Francis Ford Coppola)
+ Merde (Leos Carax)

Alexander Howarth
1. Horas de Verão (Olivier Assayas)
2. Still Walking (Hirozu Kore-Eda)
Um Conto de Natal (Arnaud Desplachin)
Gomorra (Matteo Gorrone)
3. Aquele Querido Mês de Agosto (Miguel Gomes)
Jerichow (Christian Petzold)
Revanche (Gotz Spillman)
Tony Manero (Pablo Larrain)
Synedoche, New York (Charlie Kaufman)
Wendy & Lucy

Kent Jones
1. Horas de Verão
A Mulher Sem Cabeça (Lucrecia Martel)
RR
2. Um Conto de Natal
O Curioso Caso de Benjamin Button (David Fincher)
A Fronteira da Alvorada/Chouga (Darezhan Ormibaiev)
Generation Kill (David Simon/Ed Burns, TV)
Me and Orson Welles (Richard Linklater)
Tokyo Sonata
3. 35 Shots of Rhum (Claire Denis)
Wall-E (Andrew Stanton)
Wendy & Lucy/Rebobine, Por Favor (Michel Gondry)

Olaf Möller
Filme do ano:
Prisioner/Terrorist (Masao Adachi)

A Encarnação do Dêmonio (José Mojica Marins)
The Hurt Locker (Kathryn Bigelow)
Inju (Barbet Schroeder)
Itinéraire de Jean Bricard
Letter to a Child (Vlado Skafar)
Manilla in the Fangs of Darkness (Khavn)
Melancholia (Lav Diaz)
Ten Oxherding Pictures #3 Viewing the Ox in Tibet ((Lee Jisang)
Tonight (Werner Schroeter)
Valkyrie (Brian Singer)
Wild Field (Mikhail Kalatozishvili)

Manuel Yañez-Murillo
24 City (Jia Zhang-ke)
35 Shots of Rhum
El Cant del Ocells (Albert Serra)
Um Conto de Natal
Generation Kill
Ponyo in a Cliff by the Sea (Hayao Miyazaki)
Sangue Negro (Paul Thomas Anderson)
Sonata de Tóquio
Vegas: Based on a True Story (Amir Naderi)
The Wire 5 Temporada (David Simon)

9 Comentários

Arquivado em Listas

Listinha do Ruy

Estava lá vendo no antigo blog de música do Ruy Gardnier que ele postou duas listas de melhores filmes de 2008 e já que não sei se a Contra produzirá lista de melhores do ano reproduzo aqui:

melhores filmes exibidos pela primeira vez no brasil em 2008:
1. noite e dia, de hong sang-soo
2. aquele querido mês de agosto, de miguel gomes
3. les amours d’astrée et de céladon, de eric rohmer
4. sweeney todd, de tim burton
5. o canto dos pássaros, de albert serra
6. sad vacation, de shinji aoyama
7. a mulher sem cabeça, de lucrecia martel
8. encarnação do demônio, de josé mojica marins
9. fim dos tempos, de m. night shyamalan
10. um conto de natal, de arnaud desplechin

melhores filmes lançados comercialmente no rio de janeiro em 2008
1. não estou lá, de todd haynes
2. paranoid park, de gus van sant
3. serras da desordem, de andrea tonacci
4. sweeney todd, de tim burton
5. onde os fracos não têm vez, de ethan e joel coen
6. encarnação do demônio, de josé mojica marins
7. uma garota dividida em dois, de claude chabrol
8. fim dos tempos, de m. night shyamalan
9. a espiã, de paul verhoeven
10. a questão humana, de nicolas klotz
11. o sol, de aleksandr sokurov
12. antes que o diabo saiba que você está morto, de sidney lumet
13. trovão tropical, de ben stiller
14. luz silenciosa, de carlos reygadas
15. leonera, de pablo trapero
16. meu nome é dindi, de bruno safadi
17. cleópatra, de julio bressane
18. queime depois de ler, de ethan e joel coen
19. shortbus, de john cameron mitchell
20. gomorra, de matteo garrone

6 Comentários

Arquivado em Listas

Top 20 Les Inrocks

1. Two Lovers (James Gray)
2. My Magic (Eric Khoo)
3. Mulher na Praia (Hong Sang-Soo)
4. Um Conto de Natal (Arnaud Desplechin)
5. Viagem a Darjeeling (Wes Anderson)
6. Onde os Fracos Não Tem Vez (Joel & Ethan Coen)
7. Speed Racer (Andy & Larry Wachovski)
8. A Bela Junie (Christophe Honoré)
9. Horas de Verão (Olivier Assayas)
10. Cristovão Colombo, o Enigma (Manoel de Oliveira)
11. Fim dos Tempos (M. Night Shyamalan)
12. A Fronteira da Alvorada (Philippe Garrel)
13. Les Plages d’Agnès (Agnès Varda)
14. Dans la Vie (Philippe Faucon)
15. Quase Irmãos (Adam McKay)
16. Juventude em Marcha (Pedro Costa)
17. O Último Reduto (Rabah Ameur-Zaïmeche)
18. O Silencio de Lorna (Luc & Jean-Pierre Dardenne)
19. A Viagem do Balão Vermelho (Hou Hsiao Hsien)
20. Cloverfield (Matt Reeves)

4 Comentários

Arquivado em Listas