Jacques Rivette no CCBB

Celine e Julie vão de Barco

Celine e Julie vão de Barco

Já começou no Rio e a partir de semana que vem chega a São Paulo a melhor retrospectiva do ano por aqui: Jacques Rivette – Já não somos inocentes.

Não chega a ser completa (há a ausência grave de Out 1 Noli mon Tangere e além disse falta também pelo menos Divertimento versão curta de A Bela Intrigante), mas mesmo assim há uma dúzia de grandes filmes e inclusive varios que nunca circulam por aqui como Amor Louco, Duelle e Noroeste. Não sou fã da sala do CCBB, mas se há uma retrospectiva este ano que justifica acampar numa sala de cinema é esta.

Abaixo a programação em São Paulo:

03/07 – Quarta-feira

14h – Jean Renoir, o patrão – 1a parte : em busca do relativo  (Jean Renoir, le patron :  La recherche du relative, 1967, 94’)
16h – Jacques Rivette, o vigilante, dir. Claire Denis (Jacques Rivette, le veilleur, 1990, 124’)
19h – Sessão de abertura : Paris nos pertence (Paris nous appartient, 1961, 136’)

04/07 – Quinta-feira

14h – Jean Renoir, o patrão – 2a parte: a direção de atores (Jean Renoir, le patron : La direction d’acteur, 1967, 95’)
16h – A bela intrigante (La belle noiseuse, 1991, 238’)
20h – O amor por terra (L’amour par terre, 1984, 125’)

05/07 – Sexta-feira

14h – Jean Renoir, o patrão – 3a parte : a regra e a exceção (Jean Renoir, le patron: La règle et l’exception, 1967, 95’)
16h – Joana, a virgem I – As batalhas (Jeanne, la pucelle: Les batailles, 1994, 160’)
19h – Joana, a virgem II – As prisões (Jeanne, la pucelle: Les prisons, 1994, 176’)

06/07 – Sábado

11h30 – O amor por terra (L’amour par terre, 1984, 125’)
14h – Palestra: Jacques Rivette – Crítico de Cinema com Luiz Carlos Oliveira Jr. (Crítico de cinema, pesquisador e curador da mostra “Jacques Rivette – Já não somos inocentes”).
17h – A bela intrigante (1991, 238’)

07/07 – Domingo

14h – Paris nos pertence (Paris nous appartient, 1961, 136’)
17h – Out 1: Espectro (1974, 225’)

10/07 – Quarta-feira

14h – Defesa secreta (Secret défense, 1998, 170’)
17h – Não toque no machado (Ne touchez pas la hache, 2007, 137’)
19h30 – A religiosa (La religieuse, 1966, 135’)

11/07 – Quinta-feira

14h – Noroeste (Noroît, 1976, 145’)
17h – Duelle : uma quarentena (Duelle : une quarenteine, 1976, 121’)
19h30 – O truque do pastor (Le coup du berger, 1956, 28’) + 36 vistas do monte Saint Loup (36 vues du mont Saint Loup, 2009, 84’)

12/07 – Sexta-feira

14h – Céline e Julie vão de barco (Céline et Julie vont en bateau, 1974, 193’)
19h – Merry-go-round (1981, 160’)

14/07 – Domingo

14h – Não toque no machado (Ne touchez pas la hache, 2007, 137’)
17h – Noroeste (Noroît, 1976, 145’)
19h30 – Um passeio por Paris (Le pont du nord, 1981, 129’)

17/07 – Quarta-feira

14h – Joana, a virgem I – As batalhas (Jeanne, la pucelle: Les batailles, 1994, 160’)
17h – Joana, a virgem II – As prisões (Jeanne, la pucelle: Les prisons, 1994, 176’)
20h – O morro dos ventos uivantes (Hurlevent, 1985, 130’)

18/07 – Quinta-feira

14h – Paris no verão (Haut bas fragile, 1995, 169’)
17h – O truque do pastor (Le coup du berger, 1956, 28’) + 36 vistas do monte Saint Loup (36 vues du mont Saint Loup, 2009, 84’)
19h30 – Debate: Jacques Rivette – Do esboço ao afresco (com a participação dos curadores Luiz Carlos Oliveira Jr. e Francis Vogner dos Reis e do pesquisador Mateus Araújo)

19/07 – Sexta-feira

14h – O bando das quatro (La bande des quatre, 1989, 160’)
17h – O morro dos ventos uivantes (Hurlevent, 1985, 130’)
20h – Um passeio por Paris (Le pont du nord, 1981, 129’)

20/07 – Sábado

11h30 – Duelle : uma quarentena (Duelle : une quarenteine, 1976, 121’)
14h – Palestra: Jacques Rivette – Cineasta com Francis Vogner dos Reis (Crítico de cinema e curador da mostra “Jacques Rivette – Já não somos inocentes”).
17h – Quem sabe? (Va savoir, 2001, 220’)

21/07 – Domingo

11h30 – A religiosa (La religieuse, 1966, 135’)
14h – Amor Louco (L’amour fou, 1969, 252’)
19h – A história de Marie e Julien (Histoire de Marie et Julien, 2003, 150’)

2 Comentários

Arquivado em Programação

2 Respostas para “Jacques Rivette no CCBB

  1. Filipe Furtado

    Este é dificil.
    1) Celine e Julie
    2) Out 1
    3) A Bela Intrigante
    4) Paris no Verão
    5) Duelle

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s