Arquivo da tag: Sam Mendes

Foi Apenas um Sonho (Sam Mendes,08)

Mais que simplesmente um filme péssimo (e podem ter certeza de que eu preferiria passar um dia trancado numa sala de cinema revendo Austrália do que me sujeitar a uma revisão desta coisa), trata-se de um filme que expõe muito bem o fracasso de Mendes como cineasta. Não pelo mesmo tipo de inépcia que termina afundando um Baz Lhurman, mas por uma completa incapacidade de impor sobre o seu material um ponto de vista. Isto tudo porque a lógica que domina o olhar de Mendes é apresentar cada cena da forma que ele considera mais vendável para o público. O resultado é que a cada escolha Mendes sempre opta pelas saídas mais desinteressantes e óbvias possíveis (e infelizmente empurra seu excelente elenco, que poderia dar alguma credibilidade ao filme, pelo mesmo caminho). Peguemos uma cena próxima ao final do filme como exemplo: um casal recebe seus novos vizinhos e fofoca sobre outro casal de amigos até que o homem se afasta chateado. No livro em que o filme se baseia o sujeito esta irritado com a esposa por seguir revisitando a tal história, na versão de Mendes, esta chateado por conta da sua paixão pela a outra mulher. A questão não é de fidelidade ao material, mas de opções. Mendes sempre opta por realçar a “crítica aos subúrbios” que é afinal muito vendável, mas quando uma cena que se encaixa perfeitamente nesta leitura aparece, mas ele encontra uma outra embalagem ainda mais fácil, não consegue resistir. Termina com um filme bem ao gosto dos seus próprios personagens, o que neste caso não é uma boa idéia.

7 Comentários

Arquivado em Filmes