As Canções (Eduardo Coutinho)

Toda vez que Eduardo Coutinho estréia filme novo relembro uma entrevista que ele deu a Contracampo a época do lançamento do Edifício Master (é uma das 5 melhores coisas que a Contra publicou, deveria ser relida por todos a cada novo filme dele) onde a certa altura ele fala da angustia sobre seus filmes futuros. A questão é que assim como Wiseman, Coutinho não tem tema, mas um método, e isto certamente é angustiante para o realizador diante de um novo trabalho. Edifício Master é meio que o ideal do cinema de Coutinho sequer finge que tem um assunto, só um espaço para unir as entrevistas. Todos os longas dele desde então meio que são a procura por desvios que destoem da pureza do Master: a história e mitologia dos metalúrgicos no Peões, a procura pelo filme em O Fim e o Princípio, as atrizes que expõe o dispositivo em Jogo de Cena, até Moscou que é mesmo uma interrupção completa no método apesar de ser uma extensão de idéias (Um Dia na Vida já e um outro objeto estranho). As Canções não tem nada disso. É o filme mais puro do Coutinho desde o Master, o uso das canções não deixa de ser um dispositivo aparentado as atrizes de Jogo de Cena, mas enquanto elas interrompiam radicalmente o documentário, as canções fluem muito mais naturalmente. A ausência da chacoalhada dada pelos desvios causa esta sensação de desgaste, expõe o processo como nenhum outro dele. Se Jogo de Cena era um filme que deixava explicito o como o cinema de Coutinho era sobretudo sobre o próprio processo, em As Canções só resta o processo.  Daí certo cansaço que o filme sugere, mas daí também a sua segurança.

4 Comentários

Arquivado em Filmes

4 Respostas para “As Canções (Eduardo Coutinho)

  1. Ufa! Pensei que fosse mais um texto massacrando o filme. heheh

  2. Tiago Superoito

    Também tava esperando um massacre, haha.

  3. Roselene.

    Um filme inesquecivel.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s