Semana dos Realizadores

Uma boa noticia para os cinéfilos cariocas é que na semana anterior ao Festival do Rio vai acontecer no Arteplex uma mostra de cinema independente brasileiro que não deixa de servir como complemento/alternativa a Premiere Brasil. A seleção é muito boa e me deixa chateado de que a maior parte destes filmes provavelmente só passara aqui em São Paulo perdidos sem nenhum destaque no meio da Mostra. A programação e mais informações estão disponiveis no site.

Longas
Mangue Negro, de Rodrigo Aragão
A Casa de Sandro, de Gustavo Beck
A Fuga da Mulher-Gorila, de Felipe Bragança e Marina Meliande
Um Lugar ao Sol, de Gabriel Mascaro
Sagrado Segredo, de André Luiz Oliveira
Acácio, de Marília Rocha
Tudo Isso Me Parece um Sonho, de Geraldo Sarno
Morro do Céu, de Gustavo Spolidoro
No Meu Lugar, de Eduardo Valente

Médias
Notas Flanantes, de Clarissa Campolina
Balsa, de Marcelo Pedroso

Curtas
Não Me Deixe em Casa, de Daniel Aragão
Quarto de Espera, de Bruno Carboni e Davi Pretto
Bloco D, de Vinicius Casimiro
As Sombras, de Marco Dutra e Juliana Rojas
Pastoreio, de Alexandre R. Garcia
O Menino Japonês, de Caetano Gotardo
Passos no Silêncio, de Guto Parente
Sweet Karolynne, de Anna Bárbara Ramos

5 Comentários

Arquivado em Filmes

5 Respostas para “Semana dos Realizadores

  1. brunoamato

    “a maior parte destes filmes provavelmente só passara aqui em São Paulo perdidos sem nenhum destaque no meio da Mostra”

    a compensação é que quem não puder ir no Rio como eu vai poder fazer uma triagem desses filmes baseado nas reações de quem foi!

    agora, falando sério, essas são as óbvias desvantagens de festivais anuais com trocentos filmes esprimidos em duas semanas. O ideal seria mesmo quebrar os festivais do rio em dois ou três espalhados pelo ano, mas isso nunca vai acontecer.

  2. Tiago Superoito

    Vale ver tanto ‘Sagrado segredo’ quanto ‘Tudo isso me parece um sonho’.

  3. Recomendo muito “Sweet Karolyne”…documentário bem despretensioso, bonito e muito engraçado feito por Ana Bárbara, que mora aqui em João Pessoa. Ela é a mesma diretora de “Cabaceiras” que saiu recentemente e tbm é mt bom.

  4. Filipe Furtado

    Bruno, podde deixar que na cinética vai ter cobertura.

    Eu vi o filme do Duda – que eu já comentei aqui – e o Acácio que gosto bastante.

  5. Davi OP

    “Quarto de Espera” é uma obra-prima. Melhor filme brasileiro que vi este ano e Top 10 geral.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s