É Tudo Verdade

Visitando o blog do Zanin vejo o título da materia dele sobre É Tudo Verdade, é “Festival aposta na radicalidade”. Entendo o desejo do Zanin de arranjar um bom gancho para atrair as pessoas para o festival, mas existe festival por aqui mais conservador que o É Tudo Verdade?

12 Comentários

Arquivado em Filmes

12 Respostas para “É Tudo Verdade

  1. Tiago Superoito

    Até o ‘Anima Mundi’ é mais ousado.

  2. Todo ano digo a mim mesmo que vou frequentar todas as sessões do É Tudo Verdade, q é importante, documentários do mundo todo, etc, aí olho as sinopses dos filmes e bate um desânimo…

  3. Filipe Furtado

    Pois é, Bruno. Sempre que sai a lista o desanimo é o mesmo.

    Tiago, muito mais.

  4. daniel

    tá com tempo livre sobrando, hein?

  5. Gustavo Beck

    Maldita herança do jornalismo! Vamos ver o que será dessa segunda etapa, no próximo semestre – se houver!

  6. Filipe Furtado

    Daniel, eu sempre leio a turma do Estadão. Os lniks não estão ai no lado a toa.

  7. Filipe Furtado

    Pois é, Gustavo. Deve dar um desanimo de inscrever um filme como o seu. Alias, tem alguma previsão de rolar alguma sessão em SP?

  8. Gustavo Beck

    Nenhuma janela ainda em São Paulo, infelizmente. Passa no CCBB-RJ, agora no próximo dia 12, na Mostra do Filme Livre!

  9. daniel

    é, isso é o que eu chamaria de muito tempo sobrando! agora só falta vc me dizer que adora os textos deles.

  10. Filipe Furtado

    Falou o cara que lê O Globo todo dia…

  11. Lia todo dia quando tinha mais tempo sobrando. Bons tempos… Agora, o blog do bonequinho eu só leio quando tenho realmente muito tempo de bobeira; nessas horas eu leio até troços como como esse e os que vc citou. Mas só nessas horas mesmo.

  12. bom, eu não sei se isso interessa a alguém, mas eu costumava ler os blogs dos dois do Estadão, entre aqueles que eu visito a cada 2, 3 dias, mas com o tempo fui ficando só com o do Merten, porque mesmo que em termos de análise de cinema ele não me diga muito, eu gosto de ir lá renovar a idéia de ver alguém com tanto tempo de ofício mostrar um amor incondicional quase bobo, mas por isso mesmo que me toca, sobre o cinema. e gosto das enumerações e fluxos de idéias dele. já o outro, fui cada vez tendo menos vontade de clicar, e hoje passou totalmente, porque lá não há análise, mas tb não há amor, não há informação relevante, não há… nada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s