Meu Nome é Dindi

Lembro-me de encontrar com o Cléber Eduardo um dia após ver Meu Nome é Dindi durante o Festival do Rio e ele como curador interessado em longas de estréia quis saber o que eu tinha achado, respondi que não achava bom não, mas que acharia bem importante que Tiradentes exibisse o filme. Pouco mais de um ano depois minha opinião não mudou muito. O filme é irregular e desajeitado, mas tem algo no seu trabalho de câmera e na relação que o Bruno Safadi com Djin Sganzerla que garantem a ele uma vitalidade não muito comum no cinema brasileiro. Deve ficar pouco tempo em cartaz, mas independente de se gostar ou não, é um filme que acredito vale muito a pena se dar uma chance.

 

Alguns olhares mais entusiasmados sobre o filme:

Francis Vogner dos Reis

Marcelo Miranda

Tatiana Monassa

3 Comentários

Arquivado em Filmes

3 Respostas para “Meu Nome é Dindi

  1. valente

    pô, rapaz, eu sempre usei o link no seu blog pra acessar o do Merten sem precisar pesquisar no google nem favoritar. fiquei com pena de vc ter limado aqui. acho que é um blog que vale. já o meu, fizeste bem: aquilo é lixo virtual mesmo.

  2. Filipe

    Na verdade, o Merten e o Zanin estão na lista de blogs que eu ainda não atualizei para cá, mas que devem aparecer logo. Inclusive porque tenho o mesmo habito seu de usar o meu blog para acessa-los. Como precisa acrescentar um link de cada vez estou subindo aos poucos.

  3. Francis

    devo confessar que meu entusiasmo deu uma despencada de lá pra cá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s