Austrália (Baz Luhrman,08)

Austrália é um objeto tão excêntrico e disposto a seguir sua própria muito peculiar lógica com tamanho afinco, que é uma pena que tão pouco se salve ao fim do filme. Conceitualmente Luhrman tem algumas boas sacadas especialmente na forma como este suposto épico para Oscar lança mão de alguns elementos de cinema popular australiano. Só que quinze anos e quatro longas depois, Luhrman segue incapaz de ligar dois planos e não existem boas idéias que sobrevivam a tanta inépcia. Algo que se torna ainda mais grave dada as ambições do cineasta já que alguém com tão pouco controle sobre seu filme definitivamente não deveria arriscar as alternâncias de tom que Luhrman tenta aqui. O filme termina por fazer pouco mais que reforçar que Luhrman é uma sensibilidade única completamente desprovida de talento.

4 Comentários

Arquivado em Filmes

4 Respostas para “Austrália (Baz Luhrman,08)

  1. doprado

    “Luhrman segue incapaz de ligar dois planos”

    Isso me parece crônico, no caso dele sem muita previsão de cura.

  2. Não to a fim de encarar esse daí (inépcia não tem cura), mas fiquei curioso em descobrir o que são os tais “elementos de cinema popular australiano” já que não conheço praticamente nada dessa filmografia.

  3. Eu também não. Seria CROCODILO DUNDEE e MAD MAX exemplos? No mais, o filme é mesmo um horror. Não sei qual o pior, se esse ou O DIA EM QUE A TERRA PAROU. hehehe

  4. Filipe Furtado

    O filme tem momentos bem vulgares que estão muito distantes do bom tom que a campanha de divulgação vende.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s