Rivette no Conselho dos Dez

Compilaram a participação do Jacques Rivette no Conselho dos Dez, o quadro de cotações dos Cahiers de 55 a 66.

Uma pequena relação de cineastas que pelo menos uma vez receberam a temida bola preta de Rivette:  Ingmar Bergman, Philippe De Broca, Peter Brook, Marcel Carné, Jack Clayton, Rene Clair, Rene Clement, Henri-Georges Clozout, Jules Dassin, Delmer Daves, Edward Dmytryk, Julien Duvivier, Federico Fellini,  Richard Fleischer, John Huston, Kon Ichikawa, Phil Karlson, Gene Kelly, Stanley Kramer, Akira Kurosawa,  David Leab, Claude Lelouch, Joshua Logan, Sydney Lumet, Alexander Mackendrick, Louis Malle, Joseph L.  Mankiewicz, Anthony Mann, Jean-Pierre Melville, Vincente Minnelli, Sam Peckinpah, Nicholas Ray (!), Satyajit Ray, Tony Richardson, Martin Ritt, Robert Rossen, Claude Sautet, Vittorio De Sica, Leopoldo Torre-Nilsson, Edgar G. Ulmer, Roger Vadim, Agnes Varda, King Vidor, Billy Wilder, Robert Wise, William Wyler. Menção especial para Mark Robson que levou meia duzia de bolas pretas no período de dez anos.  O Rivette era mais severo que o Ruy.

2 Comentários

Arquivado em Filmes

2 Respostas para “Rivette no Conselho dos Dez

  1. Daniel Pereira

    Não concordo com o teu ponto de exclamação apenas para o Ray. Afinal, o “55 Days to Peking” é mesmo uma valente merda.

  2. Filipe

    Mas conhecendo a obsessão dos caras com Ray imaginaria que ele daria um jeito de enxergar uma estrelinha hehe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s